Video da Semana

Como ser um gamer profissional e ganhar dinheiro por isso? Parte I



Fatal1ty. Johnathan Wendel, para os menos íntimos. O cara já ganhou mais de US$500.000 em prêmios nos campeonatos de games que participou. Abriu uma empresa e assina várias linhas de produtos voltadas aos gamers hardcore. Na época em que competia, treinava 8 horas diárias. Ganhou um prêmio no hall da fama gamer e tem um lugarzinho reservado no guinness. Como esse cara chegou lá?

Esse guia pretende mostrar pra você algumas dicas de como se tornar um gamer profissional e talvez, viver disso. Mas isso é possível? A Coréia do Sul já provou que sim.

Lá, existem campeonatos que enchem estádios. Tudo para assistir dois caras jogando starcraft em um mega telão e um narrador de botar inveja no Galvão Bueno. E tem mulheres envolvidas e, inclusive, fã clubes para os melhores jogadores. Não espere o mesmo tratamento no Brasil.

Primeiro, por sermos um país mais bruto, esportes mais simples e que dependem de sorte farão mais sucesso aqui. Isso não porque nossa população é burra (apesar de emburrecida por políticas públicas educacionais ruins), mas por que não temos status ligado ao ato de jogar videogame. A maioria das pessoas que tem status no Brasil tem o nível intelectual de uma ameba pamonhística. Antes de criticar e falar mal de mim, pergunte quantas pessoas tem Eike Batista, Roberto Justus ou mesmo, Ayrton Senna, como ídolos. Poucos nomes surgirão.

Então, se seu objetivo com jogos é status no Brasil, procure ser uma personalidade e ganhar visibilidade. Mas para isso, você precisa de dinheiro. E partindo do pressuposto que somos todos pobres, agora não é o momento.

Você também pode se mudar para a Coréia do Sul ou Estados Unidos. Mas correrá um bom risco com isso, ainda mais em tempos de crise.

Com esse guia, você pode não ficar milionário. Mas pelo menos, vai ter uma ideia de como ganhar uma grana para pagar suas contas.

Talvez, quem sabe, no encontro da sua turma do ensino médio nos próximos anos, você esteja mais auto-confiante, com um carro do ano e dinheiro o suficiente para tirar onda com os playboys que te bullyavam e aquela gatinha pela qual você sempre teve uma queda?

Você gostaria de ser um jogador profissional? Teria o tempo e dedicação para isso? Nas próximas semanas, iremos te orientar sobre quais caminhos seguir nesta profissão, como criar uma rotina de treinamento e trabalho, até quais são os melhores lugares para trabalhar atualmente. Quem sabe até umas vagas de emprego? Seu futuro pode ser igual o do pessoal na foto aqui embaixo: US$500.000,00 em prêmio. Já pensou?


Achou que seria fácil conseguir se tornar um jogador profissional? Pois é. O caminho é mais árduo do que você imagina. Antes de começarmos a descrever as possibilidades que você pode seguir ou mesmo a rotina de um jogador profissional, precisamos definir seu equipamento básico de trabalho ou seja, quanto e pelo quê você vai quebrar seu cofrinho.

Um jogador profissional tem de conhecer muito de várias plataformas diferentes. Portanto, pelo menos um dos videogames mais atuais você tem que ter. Pode ser um PS4, Xbox One ou Nintendo WiiU. E o videogame mais utilizado em competições é o PlayStation 4. O ideal é sempre ter os 3 e estar por dentro dos lançamentos e novas dinâmicas de jogo. Tente pedir para amigos comprarem estes sistemas para você fora do Brasil.

Os portáteis normalmente não estão inclusos em nenhum tipo de campeonato, mas ter um modelo atual te ajudará a manter-se atualizado com diferentes jogabilidades e estratégias de jogo. PS Vita ou Nintendo 3DS são as únicas opções do mercado. Um PSP também é opção, se você tiver menos dinheiro, dada a quantidade de jogos já lançados para a plataforma. Como sempre, aconselhamos sempre a compra dos sistemas mais atuais pois você pode acabar passando raiva quando não conseguir os mais recentes lançamentos.

Battletoads clássico de Nintendinho


Não é só de coisas novas que é feito um jogador profissional. A grande maioria possui em casa pelo menos um dos sistemas clássicos, como Super Nintendo ou Mega Drive, para testar as habilidades em jogos da época onde não existiam checkpoints. Emuladores podem ajudar os menos afortunados para testar suas habilidades, principalmente ao jogar Contra Hard Corpos ou o Battletoads clássico de Nintendinho. Lembrem-se: os jogos clássicos são os que separam homens de meras crianças.

PC GAMER
Finalmente, chegamos ao computador. Ah, separe uma boa grana pra isso. Manter um PC atualizado para os gráficos dos mais recentes lançamentos é uma tarefa difícil. E não pense em comprar qualquer pré-montado ou uma placa mãe de gerações mais antigas. Como você vai estar sempre demandando mais e mais do seu PC, as atualizações de hardware devem ser constantes. Pesquise em sites especializados pelas melhores configurações. Se for escolher uma configuração mais básica, tenha certeza de que ela possibilite muitas atualizações de hardware, como mais memória RAM e aceite as últimas gerações de processadores. Não esqueça que a placa tem que aceitar, no mínimo, duas placas de vídeo em SLI ou Crossfire.

Outra coisa, muio importante: separe o dinheiro para os jogos. A pirataria para um gamer profissional simplesmente NÃO É UMA OPÇÃO. Você precisa acessar os principais servidores para estar em contato com os melhores do mundo, colocando em prática as habilidades que você estará treinando todos os dias. Os servidores piratas são, em sua maioria, instáveis e com poucos jogadores. Se por um acaso sua conta Xbox Live ou da PSN forem banidas, é um abraço para todas as suas estatísticas. Neste caso, estas estatísticas são o seu currículo de entrada em qualquer time de jogadores e até para campeonatos



Portanto, se formos colocar na ponta do papel os custos iniciais para um jogador profissional iniciam nos R$3000,00, com configurações básicas. Preferimos a não inclusão de acessórios nesta lista porque, apesar de úteis, não são tão essenciais para a sobrevivência de um bom jogador, a não ser que você seja especialista em jogos de luta, o que demanda o uso de um controle arcade para melhor jogabilidade.

É importante ressaltar que um bom gamer profissional também não estará ligado a apenas um estilo de jogo. Você tem que maximizar suas chances de lucro. E por isso, tem de ter separado pelo menos R$200,00 por mês para lançamentos, principalmente para games multiplayer.

Agora vem a parte das boas notícias. Apesar de investimentos iniciais altos, em pouquíssimo tempo seus custos podem passar a quase zero. Jogadores profissionais, logo no início de suas carreiras, já buscam e conseguem patrocínios de marcas de produtos eletrônicos para seus jogos. Acessórios, computadores e até videogames são dados de graça para que estes jogadores levem a marca para onde quer que estejam. São investimentos baratos para as empresas e um tipo de lucro para o jogador iniciante.

Em um último conselho, não pense em retornos financeiros pelo período mínimo de um ano. Investir na carreira profissional de jogos demora a ter um retorno, demandando muito treino e conhecimentos financeiros para que seja realmente rentável.

Desanimaram da carreira? Empolgaram ainda mais? Já tem alguns dos itens para poder começar?



Vamos ajudá-los a descobrir os caminhos que podem ser seguidos nessa escolha de carreira. Afinal, poucos são os jogadores profissionais que vivem só de campeonatos. Talvez não seja só disso que você queira viver nesse mundo. Mesmo que seja, nós temos as instruções.

Todos os jogadores que se consideram profissionais estão envolvidos em algum tipo de atividade extra, muitas vezes não relacionadas ao mundo dos games. Para os que planejam viver apenas e somente dos jogos, é necessário pensar diferente.

As premiações de campeonatos e torneios são ótimas. O problema é ter que sempre ficar entre os primeiros colocados. Isso é bem mais difícil do que parece. Mesmo quando você consegue estar sempre entre os primeiros colocados, a premiação não irá te sustentar pra sempre. Você precisa administrar bem esse dinheiro porque em alguns meses do ano, não existem campeonatos para você participar. Nesses momentos que você precisará mais de uma boa saúde financeira, te mantendo bem durante o tempo de vacas magras.


Comente com o Facebook: