Secondary Menu
Favoritos
Novidades

Games

Favoritos

Must Read

Tecnologia

Video da Semana

Você já pode usar o PlayStation VR para jogar os games do seu... Xbox One!



O PlayStation VR é o mais novo aparelho da Sony, prometendo trazer a experiência VR por um preço mais acessível e para os donos de consoles. O dispositivo foi lançado hoje (13) e as críticas têm sido relativamente boas. Portanto, se você está ansioso, talvez valha a pena adquirir um desses para jogar no PlayStation 4 ou, quem sabe, no Xbox One.
Oi? Um erro de digitação ou uma confusão? Na verdade, não. De acordo com alguns usuários do Reddit ou profissionais de sites internacionais, realmente é possível utilizar o gadget de realidade virtual da Sony para jogar no Xbox One. Ou até no Wii U, já que a lógica é a mesma. Há limitações, certamente, mas isso não exclui o fato de que há um mínimo de comunicação entre eles.
PlayStation VR no Xbox One? É uma realidade, mesmo que limitada

Como ligar o PlayStation VR ao Xbox One?

Este acessório da Sony conta com muitos cabos adicionais para funcionar (seis no total). Um deles é o HDMI que parte de um duplicador de sinal, responsável por levar o vídeo transmitido tanto para a TV quanto para o PS VR. Entretanto, se esse fio for conectado a um Xbox One no lugar, o periférico ainda funciona.
Como você deve imaginar, não é a mesma coisa do que utilizar em um PlayStation 4, já que o sistema integra o rastreamento da cabeça com a PS Eye. Em vez disso, o óculos de realidade virtual entra no “Cinematic Mode”, que é uma espécie de tela estática que só é capaz de exibir conteúdo.
A prova viva de que o PlayStation VR pode ser utilizado como acessório no Xbox One

Não é uma grande conquista, mas considerando que apenas o fato de funcionar já é um grande avanço, trata-se de boas notícias. Mesmo sem o headtracking, o display próximo já é um nível de imersão maior, apesar de qualidade de imagem não ser a mesma de uma tela Full HD.

E no PC e demais dispositivos?

Na teoria, se há um dispositivo que usa HDMI como conexão de sinal de vídeo, então é possível utilizá-lo no PS VR. O Wii U seguiria nesta mesma linha, assim como o PC. Contudo, quando o assunto é computador, as experiências variam: alguns conseguiram e outros não. O Gamespot, por exemplo, não teve nenhum tipo de problemas, diferente do Polygon.
O PlayStation VR conta com seis cabos no total

Essa abertura a outros eletrônicos pode ser uma boa, mesmo para quem queira usar o aparelho como uma tela extra (quem nunca teve que esperar para jogar porque a TV estava ocupada?). Do jeito que os exploits funcionam, talvez consigam até mesmo integrar o rastreamento da cabeça nos computadores.
Certamente, não faz sentido comprar o PlayStation VR por US$ 400 (R$ 1,3 mil) ou US$ 500 (1,6 mil) na versão completa se você não tiver um PlayStation 4, mas o leque de novas possibilidades pode ser um fator determinante na hora da compra. O que você achou dessa opção?
Fonte(s)
Imagen(s)


Comente com o Facebook: